Já não tenho mais lágrimas..

Perdemos amigos, choramos calados, lutamos em silêncio.

Já não tenho mais lágrimas..

Lamentável, fico muito triste por nesse momento em que o Sindicato deveria estar mas atuante com relação a saúde de nossa Categoria. No sentido de ações contundentes e efetivas para garantir salvaguardar a saúde de nossos Colegas, o mesmo, se contente, em apenas divulgar, Notas de Pesar.

Nós, que estamos no front, todos os dias saímos de casa para enfrentar dois inimigos os marginais e o invisível.
Expostos a todo tipo de intempéries, sobrevivemos uns protegendo os outros, nossos familiares desesperados. 

Perdemos amigos, choramos calados, lutamos em silêncio.
Fiz vários pedidos de kits básicos ao Sindicato, a pessoa do Presidente Eustácio e da vice Carla, sindicato esse do qual sou membro, a pedidos.

Porque fui convidada para participar das três chapas. E no último momento, decidir participar dessa. 
Peço desculpas a vocês meus Colegas, mas sei que vocês sabem que estou fazendo o que posso sentido de colaborar como policial civil para fazer a minha parte na Unidade em que trabalho, 5
ª Delegacia Territorial.

Já briguei, com quase todo o Sindicato, justamentente por defender um olhar mais atento nas Delegacias Territoriais, porque no final das contas, o Síndicato deve está presente em todos os espaço, pq quando a corda aperta, nós nós transformamos em tudo, como aconteceu agora com a 5ª Delegacia Territorial, que voltou a ser Central de Flagrantes, atender Especializadas, sem nenhum suporte estrutural, psicológico e de saúde física para tanto.

São vidas postas em jogo diariamente e que não irão retornar depois de o Covidi-19 passar. 

Telma Lino